sábado, 18 de julho de 2015

Entrevista com Patt Anxika!



Salve salve, senhoras e senhores!

A banda Anoxika está com gás total na turnê de divulgação do novo CD "Longe Demais Para Voltar" e muita novidade está por vir.

Os shows já estão acontecendo (fique de olho na agenda da banda) e 2 concursos vão começar a rolar. Mas isso é assunto para o próximo post, que vai sair ainda esta semana.

Hoje é dia de falar um pouquinho sobre um dos integrantes da Anoxika. Na verdade, de UMA integrante. Sim, sim, sim.... Patt, a nossa vocalista "diva", abre o seu coração e conta alguns de seus segredinhos maaais profundos... Owwwwwn, que fofa!!!

Estão preparados para uma super entrevista com a Patt, nossa vocalista??? Então apertem os cintos e divirtam-se!



 ENTREVISTA COM PATT, VOCALISTA DA BANDA ANOXIKA:


A vocalista da Anoxika é Bióloga, pós-graduada em Biologia Marinha, pole-dancer e ainda arrasa no vocal. Parece muito? Não para a Patt, que ainda adora aproveitar o tempo livre para fazer artesanato, os produtos da Anoxikats*, receber os amigos em casa, cozinhar, fazer dança do ventre, viajar, etc.

Confira este bate-papo que tivemos com Patrícia Moraes, também conhecida como Patt Anoxika:

Esta vocação para a música vem desde pequena?
Sim. Eu canto desde criança, quando fazia apresentações no prédio, na escola e coisas assim, mas eu sempre tinha um pouco de vergonha. Quando eu era bem pequena, com cerca de quatro anos, eu já cantava a música Baleias, do Roberto Carlos.

Quando foi que levou mais a sério esse dom?
Patt Anoxika
Foi durante a faculdade quando um amigo levou um violão. A galera entrou para aula, mas eu fiquei com o violão lá fora e comecei a tocar e cantar. De repente estava toda a sala, inclusive o professor, lá fora me ouvindo. Neste momento eu percebi que poderia levar isso a sério.

Você também toca algum instrumento?
Eu engano no violão.

E sobre a faculdade, qual foi o curso que você fez?
Eu fiz a graduação em Biologia e em seguida completei a pós-graduação em Biologia Marinha. O mar é minha segunda paixão.

Quando você não está trabalhando ou cantando, quais são suas atividades preferidas?
São muitas coisas que eu gosto! Adoro fazer artesanatos, tipo perfumes, hidratantes, sabonetes, inclusive criei a linha Anoxikats. Gosto de praticar pole dance e dança do ventre, viajar, fazer comida, comer, receber os amigos em casa e também amo animais. Tem muitas outras coisas, mas essas são as principais.

*Patt tem uma “cachorra-irmã” chamada Brisa, que mora com ela e com Matheus.


Tem algum grande sonho que ainda não realizou?
Tenho. Meu grande sonho é ter um lugar para abrigar animais de rua e também a Anoxika ter um reconhecimento pelo seu trabalho. Além disso, tenho um terceiro sonho: cantar uma música com o Roberto Carlos.

Qual música? Baleias?
Isso (risos). Ele e o rei!

Você é frequentemente reconhecida em São José dos Campos por seu estilo bastante marcante, não somente pelos cabelos azuis, mas também pela roupa sempre muito bem elaborada. Qual é a sua relação com a moda?
Eu gosto demais de moda, mas não sigo tendências. Gosto do estilo retrô, pois acho que combina comigo.
           
E os cabelos coloridos? Quando começou a pintar ele de cores diferentes?
Eu sempre gostei de cabelo diferente. Meu sonho desde pequena era parecer a Cyndi Lauper! Kkkkkkk. Minha primeira cor foi o vermelho, que hoje é comum, mas na época, quando eu tinha 15 anos, era bem diferente.

E as tatuagens?
Minha primeira tatuagem foi um microfone no braço, aos 30 anos. Hoje tenho quatro tatuagens, mas são todas um pouco grandes.

Sempre foi estilosa assim?
Não, quando eu era adolescente andava de jeans, camiseta e all-star. Eu era cheia de complexos.

Quais complexos? Hoje tem algo que você olha para trás e pensa “nossa, que terrível que eu era”?
Sim, tudo! Kkkkkk. Eu era um terror. Muito magra, muito branca, não me dava bem em nenhum esporte coletivo, nunca fui boa aluna. Era um bichinho feio mesmo e sempre fui muito zoada por isso. Mas aprendi a gostar de mim com o tempo.

Patt Anoxika

Você era aquele tipo de menina que nunca era convidada para as festas de quinze anos?
Nunca fui! Para você ter uma ideia, fui expulsa do Instituto São José porque bati em umas meninas que imitavam as paquitas. Eu e mais uma galera esperamos elas virarem a esquina e “descemos o cacete”. Elas passavam na minha sala todos os dias e me xingavam de feia, magrela e coisa assim.

Quando as coisas começaram a mudar?
Eu fui desencanando aos poucos, mas não sei dizem bem quando isso aconteceu. Acho que o tempo ensina essas coisas.

Você e o Matheus (baterista da Anoxika) estão juntos há onze anos. Como tudo começou?
Nos conhecemos no Anexo da Nena, uma balada de São José dos Campos. Eu tinha exagerado um pouco na bebida e esbarrei em um amigo dele, que começou a me xavecar. Ao mesmo tempo Matheus falava para eu beijar ele e deixar o amigo no vácuo. Eu só queria me dessem licença para passar!
No fim das contas ele pediu um beijo no rosto e quando fui dar, ele virou o rosto para pegar na boca. Até hoje ele conta que eu agarrei ele!
Sei que no fim da noite eu contei que eu cantava e ele disse que era baterista. Só por isso eu dei meu telefone.


Qual foi o dia mais importante na vida de vocês dois como casal?
Acredito que foi quando fomos morar juntos. Porque não se sabe se vai dar certo realmente até esse ponto, onde aprendemos a conviver com hábitos diferentes. O noivado também marcou muito, foi muito engraçado, mas isso fica para outra história.

Qual mania sua que mais irrita ele no dia a dia?
Na hora de acordar! Meu despertador toca várias vezes, mas eu não acordo. Ele que tem que me acordar todos os dias, senão eu não levanto.

            Qual a sua grande meta hoje?
A meta da minha vida é ver a Anoxika reconhecida. Por isso eu e os meninos nos dedicamos diariamente. Já conquistamos muitas coisas com nosso trabalho, mas sei que muito mais está por vir.


*Conheça a Anoxikats: www.facebook.com/Anoxikats
Veja a Patt no pole dance: https://goo.gl/eZXEtF

 
Banda Anoxika


Linda a Entrevista, né? Teremos outras aqui no Blog Oficial. 

Então não se esqueçam: Fiquem ligados nas redes sociais da Anoxika e no Blog, pois no próximo post falaremos sobre os 2 concursos que a banda participará. Um deles vai rolar no próximo final de semana, em Socorro - SP.




Até mais, galera!

Um beijo e um queijo,
Luciana Nolasco






Nenhum comentário:

Postar um comentário